ZELADOR É ASSASSINADO EM CONDOMÍNIO

ZELADOR É ASSASSINADO EM CONDOMÍNIO

SÃO PAULO - A Polícia Civil de São Paulo indiciou o publicitário Eduardo Martins e a mulher dele, a advogada Ieda Cristina Martins, pela morte do zelador Jezi Lopes de Souza, na Zona Norte da capital paulista, no dia 30 de maio. O publicitário confessou o crime. Ambos devem responder por homicídio e ocultação de cadáver. Durante uma acareação entre o casal em uma delegacia da capital paulista, ambos chegaram a bater boca.

O indiciamento contra a advogada tem como base os depoimentos de três testemunhas. Duas delas afirmam ter visto Cristina na área da churrasqueira da casa de praia onde foi encontrado o corpo de Jezi. Uma terceira disse ter sido procurada pelo casal três semanas antes da morte do zelador com uma oferta para trabalhar no prédio onde morava o casal.

Um laudo divulgado mostra que manchas de sangue encontradas no apartamento do publicitário, na fechadura da porta e na parede corredor eram do zelador. Mas a análise da bota que teria sido usada pela advogada no dia do crime deu negativa para a presença de sangue humano. A polícia agora quer saber se a bota e o carro do casal, onde não foram encontrados vestígios de presença de sangue humano num primeiro exame, foram lavados.

No começo do mês, a Polícia Civil de São Paulo concluiu que a arma e o silenciador encontrados na casa do casal foram usados na morte do empresário José Jair Farias, ex-marido de Ieda, em 2005, no Rio de Janeiro. O crime não havia sido esclarecido naquela ocasião.

Voltar

Administradora de Condominios sp Administração de Condomínios

Administradora de Condominios sp, Administração de Condominios, Condominios, Administração de condominio, administração Condominal, Condomínios, condomínios